Como detectar problemas na cerca elétrica?

Como detectar problemas na cerca elétrica?

As falhas mais comuns que se encontram em instalações de cercas eletrificadas são:

a) Aterramento insuficiente.

b) Curto-circuito do arame vivo com vara ou haste, sobretudo se as hastes forem de ferro ou aço.

c) Isoladores inadequados ou ressequidos pela ação do Sol.

d) Perdas ocasionadas por vegetação muito alta, e/ou inundações que chegam até o arame eletrificado.

e) Arame eletrificado rompido, ou com más conecções (emendas ou nós mal feitos, conexões mal feitas ou feitas com material não apropriado) que interrompem o circuito provocando perdas ao longo da cerca.

f) Curto-circuito do arame eletrificado com o arame de retorno ao aterramento.

g) Cercas caídas no chão.

h) Garras de bateria danificadas.

        Todas as falhas acima citadas, localizadas em determinado lugar, provocam redução ou perda completa do choque elétrico em toda a instalação. Por exemplo, o excesso de vegetação ao longo da linha, diminuirá a intensidade do choque (queda da voltagem) em toda a instalação. Para identificar a localização das falhas, é muito importante que o sistema esteja setorizado, por meio de chaves interruptoras, colocadas ao longo dos aramados.

        Desta maneira, podemos isolar diferentes setores, e realizar medições de voltagem em cada setor. Se a voltagem do sistema aumentar ao desligarmos um setor qualquer, significa que o setor desligado possui algum problema no seu interior. Certamente ao percorrer atentamente a linha do arame do setor fechado, iremos detectar a(s) causa(s) do problema.

Esquema para detectar falhas