Como testar o aterramento?

Como testar o aterramento?

a) Desligue o eletrificador.

b) Pelo menos à 100m do eletrificador, provoque um curto circuito completo na cerca encostando várias varetas (piques, lascas ou qualquer objeto) nos arames. Logo em seguida, ligue o eletrificador.

c) Usando um voltímetro digital Speedrite, primeiro, revise se a cerca está sem corrente, logo em seguida, confira seu sistema de aterramento. Enterre a haste terra do voltímetro interiamente no solo. Prenda o gancho do voltímetro contra a última conexão das barras de aterramento.

d) A leitura não deve marcar mais de 0.3 kV. Qualquer leitura maior indica que o sistema de aterramento deve ser melhorado. Deve-se tentar obter mais eficiência, colocando mais barras, e/ou colocando o sistema em locais mais úmidos.


- No caso de não ter um Voltímetro à mão...
            Depois de causar um curto circuito na cerca, como já foi explicado, e usando sapatos com sola de borracha, coloque a mão em uma barra de aterramento, e com um dedo da outra mão, toque uma folha de capim que tiver perto. Se não sentir uma sensação de formigamento, coloque a mão suavemente e logo firmemente no solo.

            Se não apresentar nenhum formigamento ou choque, indica que o aterramento está bem feito. No caso de choque ou formigamento, indica que o aterramento feito é insuficiente, devendo ser melhorado.


Obs.: Muitos produtores têm um sistema de cerca elétrica pouco eficiente, por não ter um aterramento adequado.

As causas mais comuns são:
• Insuficiente número de barras de aterramento.
• Conexões ineficientes com arames de diferentes metais.
• Más conexões entre as barras de aterramento.
• Barras muito curtas (pouco profundas)
• Barras muito próximas umas das outras.

Obs.: A profundidade é muito importante para um bom sistema de atendimento. No mínimo 2 metros.